A Psicologia e a Mídia

Wittgenstein em Nova York“, por Eduardo Paolozzi (1924-2005)

O Grupo Papeando Com a Psicologia realizou mais um encontro com o conhecimento psicológico.

No último sábado de fevereiro de 2010, nos encontramos para conversar sobre a Psicologia e a Mídia. Num bate-papo informal, aberto a qualquer pessoa interessada, discutimos como o conhecimento psicológico pode nos ajudar a compreender melhor o papel dos meios de comunicação na formação do Imaginário Cultural de indivíduos e grupos.

Analisamos o impacto que o conteúdo propagado por veículos como a televisão, o jornal, a Internet, o rádio e as revistas exercem sobre os costumes e os modos de vida. Assim, debatemos a relação entre subjetividade, identidade e Mídia ao discutirmos os fatores sociais e históricos envolvidos na forma como nos sentimos influenciados pelo que é mostrado nos meios de comunicação.

Ao abordarmos esses fatores, foi possível fazer uma reflexão sobre o quanto nossas crenças, atitudes e valores contribuem para a predominância, ou não, de determinados conteúdos veiculados pela Mídia. O que nos levou, por fim, a tentar identificar as estratégias individuais e coletivas que nos possibilitam o uso e o aproveitamento dos recursos midiáticos de uma maneira mais satisfatória e significativa.

A você, que esteve conosco, nosso agradecimento.

Sua presença, com certeza, enriqueceu o nosso encontro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: