O Bode Expiatório na Família

Excertos do artigo “O Complexo de Bode Expiratório na Dinâmica Ego – Sombra” de Eloisa Marques Damasco Penna e Juliana Martinez Serrano Guidugli

O ambiente familiar tem importância primordial para a formação da personalidade de uma criança e para a socialização desta. Isto porque a família é para a criança um modelo de referência que futuramente influenciará os relacionamentos que naturalmente o indivíduo desenvolverá com o mundo. Na relação com os pais a criança capta os valores que regem a vida familiar, percebe o que é aprovado ou desaprovado por eles, e dessa forma aos poucos vai podendo se adaptar e iniciar um convívio social mais amplo. Continue lendo »

Anúncios

A Origem da Criminalidade_Parte I

3483625420_be58eafcdb

Foto de Pedro Ivo Prates

Sem contar as vidas perdidas, o crime custa ao Brasil mais de 100 bilhões de reais. Para curar essa chaga, é preciso primeiro entender como ela é fabricada.

*por Rodrigo Vergara

A sensação de insegurança no Brasil não é sem fundamento. Somos, de fato, um dos países mais violentos da América Latina, que por sua vez é a região mais violenta do globo. Em uma pesquisa da Organização das Nações Unidas, realizada com dados de 1997, o Brasil ficou com o preocupante terceiro lugar entre os países com as maiores taxas de assassinato por habitante. Na quantidade de roubos, somos o quinto colocado. A situação seria ainda pior se fossem comparados os números isolados de algumas cidades e regiões metropolitanas, onde há o dobro de crimes da média nacional. São Paulo, por exemplo, já ultrapassou alguns notórios campeões da desordem, como a capital da Colômbia, Bogotá. Continue lendo »

Psicologia e Genética: O Que Causa o Comportamento?_Parte I

twins in the womb

*Por Marco Montarroyos Calegaro

A genética comportamental é uma disciplina científica que estuda os mecanismos genéticos e neurobiológicos envolvidos em diversos comportamentos animais e humanos. Podemos caracterizá-la como uma área de intersecção entre a genética e as ciências de comportamento.

A engenharia genética forneceu as ferramentas necessárias ao estudo do comportamento associado à genética molecular. Isto permite que, progressivamente, possamos avançar na identificação de genes capazes de modular certos comportamentos, e de entender como estes genes interagem com o ambiente na formação de traços normais e patológicos da personalidade humana. Continue lendo »

Psicologia e Genética: O Que Causa o Comportamento?_Parte II

Crying_Child

*Por Marco Montarroyos Calegaro

A importância da criação

Mas que dizer da importância relativa da criação, o fator causal mais popular (tanto em nível de senso comum como em profissionais de psicologia) para explicar a personalidade de um sujeito adulto? Um adulto não se torna agressivo devido a forma como é criado pelos pais? A infância não é um período de molde, vital para a estruturação da personalidade adulta, e os pais não são a mais importante fonte de estímulos para o desenvolvimento? Continue lendo »

A Atração Interpessoal: Uma Visão Psicobiológica

Woman_Apple

Ao conhecermos alguém é freqüente, nos momentos iniciais de interação, formarmos uma primeira impressão dessa pessoa, impressão essa que é influenciada pelos seus comportamentos, pelo conhecimento de como essa pessoa é e pela sua aparência física. Tal ocorre porque temos a crença de que não só os comportamentos como a aparência (aspectos físicos e comunicação não verbal) refletem características da personalidade, crenças e estilos de vida.

A importância da beleza

Uma relação pessoal forma-se frequentemente com o surgir de uma sensação inicial de afecto por outra pessoa. Um dos factores que mais contribui para que tal ocorra é a percepção de atratividade física. Continue lendo »

A DECORAÇÃO INTERNA DA CASA, SEGUNDO OS TRAÇOS DE CARÁTER

decorao_carter

Nara Trevizan


Neste artigo, trago uma proposta de pesquisa na interface entre a Arquitetura e a Psicologia dentro de uma abordagem reichiana, buscando obter diretrizes para aproximar a intervenção arquitetônica nos espaços residenciais às necessidades, desejos e traços de caráter de seus usuários.(…)


Esse assunto sempre me pareceu vasto e fascinante(…) que todos nós habitamos “um lugar” e, porque nossa casa é um universo único, onde os significados tomam forma e são distribuídos obedecendo uma ordem que revela quem somos e como nos posicionamos nesse espaço que nos acolhe e protege. Continue lendo »

Psicologia e Arquitetura: Percepção dos Espaços em Busca da Identificação do Ser

psicologia-e-arquitetura

Por Fabiana Ferreira da Silva


A primeira, ou umas das primeiras atitudes do homem nômade para tornar-se sedentário, foi a busca da moradia fixa. A busca por um espaço seu, onde pudesse criar a sua família, plantar o seu alimento e criar os seus animais. Isso deu uma característica ao homem: ser o único animal capaz de modificar a paisagem em que vive. Cada modificação que o homem faz em seu espaço, é uma tentativa de molda-lo aos seus desejos, criando algo à sua imagem e semelhança.


É muito comum reconhecermos vilas, ou cidades, pelo tipo de suas habitações, pelo seu paisagismo, pelos seus detalhes culturais que transparecem na arquitetura. Entretanto, essa identificação não ocorre apenas no coletivo das cidades, mas ocorre principalmente na individualidade, ou seja na própria residência. Continue lendo »